• bandeirantedigital

Alternativas em navegadores (browsers)

Os navegadores são a principal ferramenta de qualquer dispositivo com acesso à internet. É através deles que acessamos nossos serviços, sites, buscas, compras, etc. Antigamente, o Internet Explorer (IE) era disparado o navegador mais utilizado no mundo. Com o passar do tempo, foram surgindo novos navegadores, como o Opera e o Firefox. Mas num passado mais recente, tivemos uma reviravolta no mundo da internet e empresas de tecnologia com o nascimento da Google. A criação da google é considerada por muitos como um evento de "cisne negro", ou seja, um evento muito raro mas muito disruptivo, capaz de mudar totalmente o mundo após seu acontecimento. Atualmente, o Chrome - navegador mantido e criado pela Google - é o navegador mais utilizado no mundo, respondendo por cerca de 64% do market share. É uma porcentagem bem expressiva. É seguido pelo Safari (da Apple) e o Firefox, com market share de 18% e 4,5%, respectivamente. O novo Edge, novo navegador da Microsoft, baseado no projeto de código aberto Chromium, o mesmo que é a base do navegador Chrome, é um excelente navegador. Foi lançado para substituir o antigo e defasado IE, porém parece que o timing da Microsoft não foi certeiro. O Chrome cresceu tanto que o Edge não conseguiu seu espaço.


Após essa pequena contextualização, gostaria de apresentar a vocês, as atuais alternativas aos navegadores mais utilizados no mundo, navegadores estes que foram feitos focados na privacidade online, uns mais, outros menos.


Por exemplo, o Opera se reinventou e hoje possui um excelente navegador, inclusive com uma VPN integrada totalmente gratuita em sua versão para desktop (Windows). Para quem não pode pagar por uma VPN, pode ser uma excelente alternativa.


Uma outra opção, derivada do Opera, é o Vivaldi. O navegador Vivaldi foi criado com base no Opera, visto que seus desenvolvedores eram parte da empresa Opera, porém não possui uma VPN integrada como no Opera. Possui excelente controle de privacidade e tem um layout diferenciado do Chrome e assemelhados.


Uma outra opção é o navegador Brave, baseado também no projeto Chromium porém com foco na privacidade, mas seu principal diferencial é o bloqueador de anúncios/propagandas e pop-ups avançado e também um sistema de micropagamentos para os usuários que aceitarem receber anúncios. O sistema funciona por meio do sistema utilizado na criptomoeda BAT, Basic Attention Token. A ideia é que a empresa (Brave) divide uma parte do que recebe dos seus anunciantes com os usuários. A ideia é revolucionária, e faz muito sentido, visto que na verdade nossos dados valem muito dinheiro. Esses pagamentos são feitos uma vez por mês por meio de uma carteira digital ERC-20 BAT integrada ao navegador. São centavos por cada visualização, mas não deixa de ser um diferencial.


Por último, se você quer o máximo de privacidade em sua navegação, existe a opção do navegador Tor. Este navegador é o que há de mais seguro em termos de privacidade online, porém possui uma desvantagem de ser bem mais lento comparado aos outros navegadores e pode não funcionar em diversos sites. Mas é o preço a se pagar por manter sua privacidade intacta.


Fonte do market share dos navegadores: https://gs.statcounter.com/browser-market-share


#navegadores #browsers #segurançadigital #segurançanainternet #privacidade

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo